Estratégia DigitalWebdesigntendencias 2 2019

Websites: Tendências para 2019, parte 2

Na primeira parte deste artigo falámos sobre tendências de design para 2019. Não chega parecer moderno, é preciso ser. Estar bem vestido não serve de nada se não existir uma postura de acordo com as necessidades e interesses actuais dos utilizadores.

O aspecto é a apresentação passiva da marca. Esta parte trata do lado proativo que deve ser cultivado para que a comunicação seja mais rica e eficaz. É o que torna o apelativo em popular.

navegação e interação

Excitação na ponta dos dedos

Ou, tecnicamente, micro-interações: mais swipes, mais reacções visuais ao clicar num elemento (zoom in na imagem), likes. Toda a lógica de interação usada nas redes sociais mais modernas pode ser adaptada às páginas. A navegação em dispositivos móveis terá que estar no ponto.

chatbots

Chatbots

Um bot está permanentemente disponível para ajudar os utilizadores a atingir o seu objectivo. Um bom bot tem personalidade e promove a conversação e uma melhor experiência do utilizador enquanto atinge esse objetivo, que pode ser desde marcar uma consulta ou reunião, a marcar uma viagem ou fazer uma compra.

Metade programação, metade produção de conteúdos, um chatbot bem feito tem uma voz própria e uma identidade. Estarão cada vez mais presentes e com maior destaque nas páginas corporativas em 2019.

audio e video

Conteúdo visual e áudio

Mais vídeo é igual a maior dinâmica visual, e a mais peso nos motores de busca. O Google está a dar prioridade a páginas com vídeos. Produzir vídeo de qualidade pesa no orçamento, mas é um bom investimento sempre que se sabe como e porque é que se inclui na estratégia de comunicação das empresas.

Mais baratos, mas também muito exigentes, são os podcasts. Não são programas de rádio para colocar na net, são conteúdos áudio de interesse para quem segue a marca. As marcas podem produzir o seu ou patrocinar alguns que se enquadrem dentro da sua estratégia.

Posicionamento social

As marcas estão a capitalizar nas questões sociais.  A visibilidade de conteúdos assentes numa posição sobre um tema socialmente fraturante pode ultrapassar os canais tradicionais e tornar-se num tema de discussão online, viralizar e valorizar a marca.

Ver Gillette e anúncio sobre masculinidade tóxica.

valorizar o conteúdo

As palavras valem ouro

Escrever não é uma arte. É domínio da técnica. Saber usar as palavras certas, com o tom adequado, aplicando os recursos indicados para produzir frases eficazes que suportam e fortalecem a ideia a transmitir é fundamental na construção da estratégia de comunicação.

Mais do que gramática, é retórica. Com as palavras certas, os utilizadores voltam, ficam, agem. Compram.

E 2019 é o ano das palavras. Das certas.

A Zyrgon está, em 2019 como em qualquer altura, preparada para ajudar as marcas a fazer as escolhas acertadas no aspeto e no conteúdo da sua presença digital. Falem connosco.